domingo, 8 de dezembro de 2013

Resenha Belo Desastre


                        ALERTA DE LIVRO VICIANTE!!!

Título: Belo Desastre
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus

Este livro é indicado para quem:
- Gosta do gênero Young Adults
- Gosta de romances
- Suporta relações de dependência

Resumo:

Abby Abernathy foi para a Universidade de Eastern com a intenção de fugir de seu passado e recomeçar em uma nova cidade com sua melhor amiga, America. Quando Abby conhece Travis Maddox, o primo do namorado de America, sente que seus planos estão ameaçados. Travis "Cachorro Louco" Maddox é um bad boy que ganha a vida participando de um clube da luta clandestino nos porões da Universidade. Além disso, é um sedutor que não vacila ao dispensar as garotas no dia seguinte. Fascinado com as negativas de Abby, Travis a vê como um desafio e propõe uma aposta para a garota. Será que Abby vai resistir a esse charmoso bad boy?

Resenha:

Confesso que quando li o resumo de Belo Desastre não me senti muito atraída. Parecia apenas mais uma boba história da frágil donzela seduzida pelo bad boy. E o lance da aposta então? Muito forçado. Como sou assídua leitora de vários blogs literários, voltei a ler várias menções sobre o livro e parei para ler as resenhas, todas positivas. Quando comecei a ler o livro, antes de chegar a página 10, eu já estava capturada. Fiquei obsessiva com a história e por isso decidi fazer a resenha cerca de um mês depois, para que meu julgamento fosse mais imparcial. Ainda estou com dificuldade. 
Primeira surpresa: Travis Maddox não é mesmo um bad boy, apenas parece um, por conta das suas tatuagens, abdômen definido, corte de cabelo e vestimentas. Ok, ele é um lutador clandestino e ganha dinheiro surrando os outros, mas ele é um cara extremamente leal aos amigos e super família. Além disso é inteligente e estudioso e sabe ser gentil com as pessoas que importam. 
Segunda surpresa: Abby não é a típica garota certinha e inocente que não quer ser desvirtuada pelo pseudo bad boy. Ela apenas não quer se envolver porque quando mudou de cidade jurou começar de novo, e isso envolvia ter uma vida pacata e regrada, e Travis não se encaixa nesses planos. 
A atração que eles sentem um pelo outro é muito forte, mas cada um tem seu motivo para não querer levar as coisas a diante: Abby pelo motivo que já citei antes, e Travis porque não se acha bom o bastante para ela. 
Quando Travis faz a aposta com a Abby, eles já estão amigos e extremamente ligados, e a motivação dele não foi conseguir transar com ela, mas sim mantê-la perto dele, que é uma obsessão visível no personagem ao longo de todo o livro. Isso tem raiz na história de vida dele e faz com que ele tenha sentimentos contraditórios: ao mesmo tempo que ele acha que ela merece estar com alguém melhor, não consegue imaginá-la com outro sem surtar. E ele surta muito... São muitas cenas em que você pensa "Meu Deus, que violência é essa...", mas com a Abby o Travis é sempre muito gentil e carinhoso. 
Uma coisa que pode causar irritação em alguns é essa extrema dependência que ele tem pela Abby. A felicidade e a tranquilidade dele dependem exclusivamente dela, e ela não desestimula isso, parece achar normal. 
Uma coisa que não me incomodou, mas que foi apontada como negativa por algumas pessoas que conversei sobre o livro é a desestabilização que o casal traz aos amigos e a todos a sua volta. Parece que a vida de todos é abalada pelos sentimentos da Abby e do Travis. Isso é até comentado por um dos personagens. 
O livro é do gênero Young Adults, o que significa que há cenas de sexo, embora não chegue a ser um livro Hot, porque este não é o foco principal. E as cenas são leves. 
Espere ver cenas normais de uma vida universitária nos Estados Unidos, como: Festas de fraternidade, baladas, aulas, refeitórios lotados de jogadores de futebol americano, etc. Pode parecer meio fútil, mas não é. É apenas o cotidiano, sem coisas muito fantásticas acontecendo a todo momento. O que há de mais fantástico é a relação dos protagonistas, que estão sempre brigando ou tentando lutar contra os seus sentimentos. Tem hora que é até chato: "Pô, como assim amigos?!?! Até um cego veria que é amor!". Pensei isso várias vezes. 
Essa relação conturbada e esse jeito meio insano do Travis me conquistaram. Sofri junto nas brigas, me desesperei com os mal entendidos, suspirei com as declarações de amor, torci durante as lutas do Travis, repreendi os personagens quando eles tomava alguma atitude errada... Tudo isso porque esse livro envolve... e vicia. Chega, já falei demais. 

Pg. 241 - Declaração de amor, por Travis Maddox

Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor.


5 comentários:

Evy disse...

U A U!!!
Vou ter mesmo que fazer um certo livro furar a minha fila de leitura, né?
Foi isso o que você quis dizer com essa resenha, certo?

Beijocas

Vania Araujo disse...

Nota 10 para o livro "O Belo Desastre" principalmente porque ele conseguiu me deixar "Irritada" "Envolvida" e ao mesmo tempo "Motivada' . Travis Madoxx esta bem próximo da realidade, acredito que existam homens assim! Incrível Huck...com coração de Romeu rs. Já a srta. Abby entre outras coisas poderia sim ser mais romântica... o que acha Cintia? ! Amei a Resenha.... um olhar para o que é "Belo" e uma definição concreta sobre o "Desastre"!!!!!

Cíntia Mendes disse...

Meninas, adorei as mensagens! Bom saber que vcs entenderam o recado que eu quis passar! Rsrsrs Bjks

Blog da Roguasti disse...

Depois de tanta propaganda... comprei e vou ler... rs!

Cíntia Mendes disse...

Não perde por esperar, Roguasti! Bjks

Postar um comentário