Páginas

domingo, 28 de setembro de 2014

Campanha: Eu quero minha biblioteca



Campanha: Eu quero minha biblioteca

A campanha “Eu quero minha biblioteca”, uma iniciativa do Instituto Ecofuturo, defende a importância de termos bibliotecas dentro das escolas e propõe um mapeamento desta demanda por todo o Brasil. Os internautas podem indicar em qual escola de sua região não há biblioteca e a cada dez cadastros em uma mesma localidade, o site enviará automaticamente um e-mail para a Prefeitura e/ou Secretaria de Educação do Município. 
A campanha tenta fazer valer a Lei 12.244/10, que determina que todas as escolas públicas e privadas tenham uma biblioteca com, no mínimo, um livro por aluno matriculado.  As escolas têm até o ano de 2020 para atingir a meta. 
A campanha “Eu quero minha Biblioteca” já conta com o apoio de várias entidades, como: Academia Brasileira de Letras, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), Movimento Brasil Literário, Movimento Todos Pela Educação, Instituto Ayrton Senna, Instituto C&A, ICE Brasil, Conselho Federal de Biblioteconomia, Rede Marista de Solidariedade, entre outros.
Segundo resultado da pesquisa realizada pelo Instituto Brasil Leitor (IBL), a presença de uma biblioteca aumenta em 62% o índice de leitura dos usuários. Dados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) informam que a proficiência em leitura dos alunos aumenta exponencialmente quando há utilização da biblioteca regularmente. E os percentuais só crescem quando a Biblioteca Escolar tem um responsável e quando os professores fazem uso deste ambiente com seus alunos. Um levantamento realizado pelo Instituto Ecofuturo demonstrou um aumento de 156% no progresso natural de aprovação escolar e redução de 46% na taxa de evasão escolar em comparação com regiões que não possuem bibliotecas.
Enfim, os benefícios da implantação de bibliotecas são inúmeros, comprovadamente impactando no nível educacional da comunidade na qual ela está inserida.
E você, conhece alguma escola que não possui biblioteca? Já reivindicou a sua?



Fonte:
http://www.euquerominhabiblioteca.org.br/


0 comentários:

Postar um comentário